Papa diz que quem desejou morte de Marisa não precisa mais ir na missa

O papa Francisco disse na terça-feira, 24, que cristão que desejou a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva não precisa mais frequentar igrejas católicas.
A mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internada na tarde desta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).
Nas redes sociais, muitos internautas desejaram a morte de Marisa, o que chocou muita gente, inclusive o papa Francisco, que ficou sabendo através dos seus assessores e se manifestou pelo Twitter.
“Uma fé que não tem solidariedade é uma fé morta. Quem deseja a morte de um irmão, não precisa frequentar igreja. É uma fé sem Cristo, uma fé sem Deus, uma fé sem irmãos. Uma fé mentirosa”, disse Francisco.
“Você pode ir à missa aos domingos, mas, se não tem coração solidário, se não sabe o que acontece em sua cidade, (a fé) ou está doente ou está morta”, acrescentou.
Fonte: Sensacionalismo
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.