CINCO MINUTOS





Pensamentos que inquietam
Inquietam uma madrugada
Que de mim se foi
Foi para vagar entre razões
Razões que a mim 
Distante a entender
Entender que pensamentos
Vem e vão
Vão pelos cinco minutos 
Madrugada a fora
Me resta o consolo
De um amor que já mais ousa
Enquanto não vens
Que me resta o resto de minutos
Minutos que se afagam 
Na certeza que virá
Virá de onde nunca deverias 
Ter ido

Eudiran Carneiro
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.