21 de Abril Dia de Tiradentes

Nos dias de hoje, o Brasil, está precisando de pessoas com ideais de Tiradentes, para que assim, esse país possa ser liberto do poder "ditatorial", camuflado em uma pseudo democracia, onde quem tem vez são os que comandam esse país, esquecendo-se dos que realmente fazem essa nação.
Homens com ideais de Tiradentes, se faz necessário, pois é preciso combater a corrupção que assola o país de norte a sul, paga com os impostos que cada cidadão de bem desta nação desembolsa ao pagar ou comprar um produto, e que em nada melhora nossa educação, saúde, segurança, moradia, saneamento básico, dentre outras milhares de mazelas pelo qual passam nossa sociedade brasileira.
Que os Tiradentes que existem dentre de cada um brasileiro possa despertar e que vá às ruas clamar por um país melhor, pois o poder de melhora depende de cada uma de nós.
No dia 21 de abril comemora-se o dia de Tiradentes. Joaquim José da Silva Xavier, nasceu na Fazenda do Pombal, entre São José (hoje Tiradentes) e São João Del Rei em Minas Gerais, no ano de 1746, tornou-se o mártir da Inconfidência Mineira.
Tiradentes tinha esse apelido, pelo fato de ser dentista, porém se dedicava mais ao oficio de soldado, integrante do movimento da Inconfidência Mineira - que o levou à morte em praça pública, por enforcamento e esquartejamento, pelo fato de buscar a libertação do Brasil diante de um governo monárquico português, no final do século XVIII.
Na cidade de Vila Rica e nas proximidades da mesma eram extraídos ouro e pedras preciosas. Os portugueses se apossavam dessas matérias-primas e as comercializavam pelos países europeus, fazendo fortuna à custa das riquezas de nosso país, ou seja, o Brasil era grandemente explorado por essa nação.
O reinado de Portugal no Brasil cobrava impostos caríssimos (o quinto) e a população decidiu se libertar das imposições advindas do governo português. A sociedade mineira contrabandeava ouro e diamante, além de atrasar o pagamento dos impostos.
Com o fortalecimento das ideias contra os portugueses, aconteceu a Inconfidência Mineira, tendo como principais objetivos: buscar a autonomia da província; conseguir um governo republicano com mandato de Tomás Antônio Gonzaga; tornar São João Del Rei a capital; conseguir a libertação dos escravos nascidos no Brasil; dar início à implantação da primeira universidade da região; dentre outros.
Durante o movimento, as notícias de que os inconfidentes tentariam derrubar o governo de Portugal chegaram aos ouvidos do imperador, que decretou a prisão deles. Tiradentes, para defender seus amigos, assumiu toda a responsabilidade pelo movimento e foi condenado à morte.
O governo fez questão de mostrar em praça pública o sofrimento de Tiradentes, a fim de inibir a população de fazer manifestos que apresentassem ideologias diferentes. Em 21 de abril de 1792, Tiradentes percorreu o trajeto, chegando à cadeia pública da região, foi enforcado após a leitura de sua sentença condenatória.
Ainda hoje podemos ver o museu da Inconfidência Mineira, que está localizado na Praça Tiradentes, na cidade de Ouro Preto, local onde é preservada a memória desse acontecimento tão importante da história do Brasil, com o ciclo do ouro e as obras de arte de Aleijadinho.

Com colaboração do Brasil Escola
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.