Solidão


Escrever? Filosofar? Declamar? Recitar?
Não! Talvez ouvir a voz da solidão.
Solidão que corrói, que dilata.
Que me deixa na escuridão.

Escuridão verdadeira?
Escuridão falsa?
Ou simplesmente escuridão?
Simplesmente solidão.

Eu e você, eu e vocês.
Você e eu, vocês e eu.
Com vocês, em mim o vazio.
O vazio que vem do Eu.

De que adianta ter a terra?
De que adianta ter o ar?
De que adianta ter a água?
Se o fogo na escuridão, revela minha solidão.



Eudiran Carneiro 
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.