“OS DONOS DE SENADOR GUIOMARD”


Começo fazendo uma pergunta que ecoa nos quatro cantos da cidade de Senador Guiomard no estado do Acre: até quando vamos continuar reféns da violência que assola as famílias de bem deste município? A cidade que um dia era possível sentar à noite nas calçadas e conversar sobre o dia, contar estórias, piadas, rir, etc, hoje não é mais possível. Alguém pode questionar que eram outros tempos. Com certeza eram outros tempos, e com esse tempo veio o desenvolvimento desta então pacata cidade, que não dispunha do número de bairros que hoje tem, por exemplo, e que isso fez com que dezenas de pessoas viessem residir no Quinari. Com essas pessoas que em sua maioria foram e são pessoas de bem, vieram pessoas principalmente da região periférica de Rio Branco, que viviam a margem da sociedade por algumas mazelas da vida, como no submundo das drogas, roubos, furtos, assassinatos...Cabe aqui ressaltar que pessoas que nasceram e vivem até hoje no Quinari também praticam de violência para conseguir o que querem.
Não obstante, percebemos que o avanço que Senador Guiomard no Acre, teve em vários setores, trouxe vários problemas típicos das grandes capitais brasileiras, como desemprego e a violência urbana para não elencar vários outros. Hoje alunos são assaltados na porta de escolas, adolescente e jovens não podem mais ir a uma lanchonete que tem seus celulares roubados. Conversar na calçada? Não é mais possível, por que corre o risco de serem brutamente espancados quando o celular não é digital.
Quando acessamos as redes sociais, sites locais e estaduais, nos deparamos quase que diariamente com assassinatos, roubos, furtos, apreensão de drogas... Até quando vamos continuar somente falando, se lamentando e não vamos fazer nada? Cabe aqui questionar o que os órgãos competentes como Judiciário, Polícias Civil e Militar, Ministério Público, Defensoria Pública, Conselho Tutelar, Executivo, Câmara de Vereadores, Escolas, sociedade em geral e a família, estão fazendo de concreto para combater o atual caos que toma contas das ruas de Senador Guiomard? Destaco aqui o papel das polícias civil e militar que apesar das precárias condições de trabalho, estão prendendo vários meliantes. Mas prendendo pra quê? Se em poucos dias, meses, as leis asseguram o retorno ás ruas passando a cometerem os mesmos delitos e até mesmo assassinando trabalhadores por pura vingança?
Clamo  aqui para que juntos possamos encontrar uma solução para que nossa cidade, possa dormir e acordar, andar nas ruas sem o medo de ser brutalmente espancada, roubada ou assassinada, pois se cruzarmos os braços e ficarmos apenas nos lamentando, “OS DONOS” de Senador Guiomard, continuarão a dominar nossa sociedade. Como ficará nossa juventude? E a sociedade onde vai parar?
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.