Confronto do Petróleo na Amazônia


Caros amigos,


Uma mega-empresa de petróleo está tentando transformar a mais primitiva floresta tropical no coração do Equador em um campo de petróleo. A tribo Kichwa de Sani Isla está resistindo com coragem e acabaram de nos pedir ajuda para salvar suas terras

A comunidade assinou um compromisso de nunca vender suas terras, onde onças vagueiam e um único hectare pode conter mais diversidade animal do que em toda a América do Norte! Mas o governo do Equador está tentando comprá-los para oferecer 4 milhões de hectares da Amazônia para grandes petrolíferas. O presidente Correa está numa batalha eleitoral neste momento e tem uma reputação de respeito ao meio ambiente e aos povos indígenas. Se pudermos fazer esse assunto vazar globalmente e tornar a proteção da Amazônia uma questão eleitoral, poderemos impedir essa corrida do petróleo

Até agora a comunidade corajosamente se manteve firme, mas os petroleiros podem chegar com seus equipamentos de perfuração a qualquer momento. Os Kichwa estão apelando por nossa ajuda para salvar a Amazônia. Assine esta petição agora e compartilhe amplamente. Se 1 milhão de pessoas assinarem, vamos criar uma tempestade de mídia que forçará Correa a dar um passo atrás.
A tribo Kichwa de Sani Isla no Equador pediu nossa ajuda para impedir o governo de transformar suas florestas em um campo de exploração de petróleo. Um enorme escândalo na mídia global exigindo do Presidente Correa medidas que estejam de acordo com seus princípios ambientalistas pode persuadí-lo a dar um passo atrás e impedir a corrida do petróleo da Amazônia. Assine a petição agora clicando no link abaixo:


Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.