Governo do Estado lança Profuncionário em Senador Guiomard e Capixaba

 O Programa vai beneficiar 430 pessoas distribuídas em sete municípios acrianos 


O Governo do Estado, por meio do Instituto Dom Moacyr, lançou nesta terça-feira em Senador Guiomard e em Capixaba, o Programa Nacional de Valorização dos Trabalhadores Não Docentes da Educação (Profuncionário).

O Programa, que tem como objetivo oferecer formação profissional, em nível médio à distância, aos funcionários que atuam nos sistemas da educação básica público, vai qualificar 430 educandos distribuídos nos municípios de Rio Branco, Tarauacá, Feijó, Capixaba, Bujari, Senador Guiomard e Porto Acre

A oferta do Programa é feita através de uma ação conjunta entre o Instituto Dom Moacyr e a Secretaria de Estado de Educação, em parceria com as prefeituras municipais por meio da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), e Conselho Estadual de Educação (CEE).

Nos municípios de Bujari, Capixaba, Feijó, Rio Branco, Senador Guiomard e Tarauacá será oferecido o Curso Técnico em Secretaria Escolar. Já o Curso Técnico em Alimentação Escolar será oferecido também em Rio Branco, Bujari e Porto Acre. O Curso Técnico em Multimeios Didático será oferecido apenas em Rio Branco. Os cursos têm carga horária de 1.260 horas.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto Dom Moacyr, Irailton Lima, “O Profuncionário é uma conquista do esforço e mobilização da categoria. Ele é um bom exemplo de trabalho em parceria. As instituições estão de mãos dadas, o interesse público é o que se sobrepõe. A educação deve ser uma bandeira de todos. Nós temos o propósito de desenvolver a Educação Profissional no Acre e temos feito isso da melhor forma possível. Todo o nosso esforço não valerá a pena se não contarmos com o apoio de nossos educandos”, observa.

O Diretor de Inovação da Secretaria de Estado de Educação, Marcos Brandão, falou dos desafios, dos esforços e da capacidade de caminhar juntos. “Não devemos medir esforços em prol do interesse da comum. Temos ainda grandes desafios no ramo da educação no Acre. Esses desafios serão vencidos com programas como o Profuncionário, que tem como meta desenvolver um trabalho com os profissionais da educação visando ampliar suas competências e melhorar ainda mais o universo das escolas”, revela.

Proposta Pedagógica – A proposta pedagógica do Profuncionário visa contribuir para a formação técnica e pedagógica dos funcionários lotados nas escolas, colaborando para a construção da identidade profissional desse segmento, para a elevação do padrão de qualidade dos serviços prestados pela escola e para a democratização da escola como espaço público.

O curso é composto por três blocos. O primeiro constitui-se da formação pedagógica, com 360 horas; o segundo da prática supervisionada, com 300 horas; e o terceiro da formação técnica, com 600 horas. O curso será  oferecido nas modalidade: A distância (80%) e presencial (20%).

De acordo com a Coordenadora de Projetos da Gerência de Programas e Projetos do Instituto Dom Moacyr, Adma Lima, “a formação técnica dos trabalhadores não docentes da educação é muito interessante e necessária, por saber que o processo educativo não se dá somente em sala de aula, vai além.  Por muito tempo esses trabalhadores ficaram à margem de qualquer processo formativo”, revela.



Fonte: Agência de Noticias do Acre

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.