Concurso da Policia Civil

PC-AC: governador institui o Plano de Cargos

O governador do Estado do Acre, Binho Marques, instituiu o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) da Polícia Civil do estado (PC-AC). Entre os benefícios estão: adicional de atividade policial, representação, gratificação de risco de vida, etapa alimentação, gratificação de atividade penitenciária, gratificação da produtividade do delegado de polícia civil, gratificação da produtividade das atividades periciais, adicional de titulação e prêmio anual de valorização da atividade policial.

Apesar da instituição do PCCR, os preparativos do concurso para agente de polícia prosseguem normalmente. "O PCCR não afeta o concurso para agente de polícia, já que as mudanças são maiores para o cargo de delegado, principalmente na parte financeira", disse o delegado Alex Cavalcante.

A remuneração atual de agente (nível médio), é de R$1.812, já incluídas as gratificações estabelecidas em lei. De acordo com o delegado Vanderlei Thomas haverá apenas uma alteração em relação a este cargo. "A única alteração é o prêmio anual que os agentes poderão receber se atingirem a meta coletiva de redução da criminalidade. São R$1.500, pagos em duas parcelas".

O governador do estado já autorizou o concurso para a PC-AC. Dessa forma, a próxima etapa, antes da divulgação do edital, é a finalização dos trâmites legais. De acordo com a Secretaria de Gestão Administrativa (SGA), essa fase será longa, podendo durar até seis meses.

Concurso - A seleção visará ao preenchimento de 239 vagas para agente de polícia. De acordo com o delegado geral da Polícia Civil do Acre, Emylson Farias, muitos policiais já contam com tempo para se aposentar e outros dentro em breve adquirirão tal direito. "Com isso, constatamos a necessidade da contratação de novos agentes de polícia", explica.

Fonte: Folha dirigida

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.