Ac 24 horas divulga matéria que além de inveridica não consta a assinatura de quem a escreveu

Aos internautas que visitam meu blog, a todos os funcionários, pais e alunos da Escola Brigadeiro Eduardo Gomes.

Quero enquanto professor da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, há 10 anos, repudiar o site Ac24horas pela matéria publicada(matéria abaixo)na quinta-feira, 05, que além de ser inveridica, não consta a assinatura de quem a escreveu.
Cabe-me ressaltar que a Escola Brigadeiro Eduardo Gomes é uma instituição de respeito que preza pela educação de muitas crianças e adolescentes nas suas formações enquanto cidadãos consciente de seus papéis neste mundo globalizado com mudanças muito rápidas.
O site não procurou a gestão da escola para poder publicar a matéria abaixo, por que em momento nenhum o Professor Rilto e não Ryldo, acusado de pedofilia, ter praticado tal ato citado no site nas mediações da escola.
A gestora da Escola, professora Antônica Cláudia, convocou uma reunião com toda a comunidade escolar para esta segunda-feira(09) para esclarecer os fatos publicados no tão renomável site.



Veja abaixo matéria divulgada no site Ac 24 horas


CPI da pedofilia ouvirá professor acusado de estuprar aluna Imprimir E-mail
05/11/2009 - 12:44
A CPI da Assembléia Legislativa que investiga crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes no Acre,

vai ouvir na tarde desta quinta-feira, 05, o professor Ryldo, que lecionava na escola Brigadeiro Eduardo Gomes, no município de Senador Guiomard [distante 28 quilômetros de Rio Branco], acusado de ter estuprado uma aluna em sala de aula durante o intervalo.

Segundo o relator da CPI, deputado Donald Fernandes, ainda existem muitas barreiras que impedem o trabalho com lisura e transparência da comissão parlamentar, como por exemplo, requerimentos de processos à justiça que demoram a chegar as mãos da comissão.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.