Presidente da Aleac empossa deputada Dinha Carvalho



Quarta suplente da FPA levou quase um ano em briga judicial para assumir o cargo

Maria Raimunda Ferreira de Carvalho é a mais nova deputada estadual do Acre. Trata-se de Dinha Carvalho (PR), quarta suplente da FPA que brigou quase um ano na Justiça para garantir o direito de assumir a vaga deixada por Juarez Leitão (PT) que renunciou para assumir a prefeitura de Feijó. Ela foi empossada no cargo, na manhã desta terça-feira (6), pelo presidente da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB).


De 30 de dezembro de 2008, até setembro de 2009, Hammerly da Silva Albuquerque, o Merla, quinto suplente da coligação, ocupou o cargo através de uma liminar concedida pelo Pleno do Tribunal de Justiça. Em 16 de setembro, o órgão se julgou incompetente para decidir sobre o mérito da liminar que concedeu oito meses antes.

A direção da Aleac esperou o comunicado oficial da Justiça e realizou consulta ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para saber a quem dar posse, já que o terceiro suplente Roberto Filho (PP) também pleiteava a vaga. Dinha ingressou com mandado de segurança e, na sexta-feira (2), a juíza Denise Bonfim concedeu a liminar lhe garantindo o direito à vaga.

Na presença de muitos familiares, amigos e partidários, Dinha assumiu o cargo afirmando que não irá buscar na Justiça o direito a receber os valores pagos a Merla por nove meses. Ela negou que estivesse pleiteando um valor de R$ 750 mil, como chegou a ser noticiado na imprensa local. “Não é verdade. O que vale é daqui pra frente, o que passou, passou”, disse.

A nova parlamentar estadual afirmou que, apesar de seu partido integrar a base do governo na Aleac, ela irá atuar de acordo com a sua consciência e com o interesse popular. “Vamos reunir com as bases, com as associações, principalmente de Senador Guiomard, para definir as prioridades, as principais necessidades. Vamos pedir à CPI da Pedofilia que atue em Senador Guiomard para combater a prostituição infantil”, frisou.

Com a posse de Dinha Carvalho, o Partido da República dinha_posse(PR) passa a contar com dois deputados na Aleac, junto com Helder Paiva. O presidente estadual da sigla, ex-deputado federal Júnior Betão, participou da solenidade de posse. Como suplente, na Legislatura passada, Dinha assumiu o cargo por dois anos, na vaga deixada por Nilson Areal que renunciou para assumir a prefeitura de Sena Madureira. Nas eleições de 2006, ela teve 3,1 mil votos, ficando na quarta suplência.

As suplências

O direito a vaga na Aleac, deixada por Juarez Leitão, foi pedido pelo PT, que alegou ser o cargo do partido e não da coligação, que possuía dois suplentes à frente de Merla, Roberto Filho (terceiro suplente) e Dinha Carvalho (quarta suplente). O primeiro suplente, Ney Amorim (PT) assumiu a vaga deixada com a morte de Francisco Cartaxo (PT). O segundo suplente, Josemir Anute (Sem Partido) ficou na vaga deixada por Naluh Gouveia (PT), que foi nomeada conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Roberto Filho, porém, tem condenações judiciais, inclusive no TRE, que cassou seus direitos políticos.

Fonte: Noticia da Hora
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.