Binho Marques lança o maior Plano Estadual de Educação Profissional do Acre

"Daqui a três anos o Acre terá a maior e melhor rede de Educação Profissional do país", garante governador

binho_educacao_19102209_a.jpgbinho_educacao_19102209_b.jpg
Ao lembrar a primeira ação como secretário de Educação há 10 anos, uma vistoria ao antigo Colégio Agrícola que na época estava abandonado, o governador Binho Marques afirmou na manhã desta segunda-feira na presença de prefeitos, parlamentares, representante do MEC, alunos e professores, que ao receber o Plano Estadual de Educação Profissional e Tecnológica - PEP 2009/2016, o Acre vive um momento histórico que se distancia daquele em que encontrou o setor. O conjunto de ações de fomento, desenvolvimento e fortalecimento da educação profissional, técnica e tecnológica envolve o uso de recursos próprios, do BNDES, BID e do governo federal em favor da construção de novas unidades de ensino, reforma de unidades existentes, abertura de novas vagas, capacitação de professores.

Se as metas eram ousadas há dez anos, agora, são ainda mais. O Plano Estadual de Educação Profissional e Tecnológica prevê que de 2009 a 2016, em torno de 160 mil pessoas tenham concluído cursos de formação continuada no Acre. Dessas, 34 mil em cursos de habilitação técnica e 3,2 mil em cursos de graduação em tecnologia. O valor do investimento a ser utilizado por meio do programa Brasil Profissionalizado chega à casa dos R$ 80 milhões que serão aplicados na formação de professores, infraestrutura física e recursos pedagógicos e adequação de escolas de Ensino Médio para ensino profissionalizante e educação tecnológica, com implantação de laboratórios.

Está prevista a criação de 8.330 vagas em 32 novos cursos técnicos, com 280 turmas. "O PEP representa uma bússola para guiar a política pública de educação profissional no Acre. Este deve ser um diálogo permanente entre a comunidade e o governo na busca pela equidade social e econômica", define o gerente de planejamento do Instituto Dom Moacyr, Edenilson Santos.

O governador Binho Marques lembrou o primeiro plano de educação profissional para os anos de 2000 a 2008. "Naquela época assumimos metas que ninguém acreditava e ao final conseguimos atingir um número quatro vezes maior do que foi planejado, o que já era muito ousado", recorda Marques. O governador ressalta que os R$ 80 milhões que serão aplicados nos próximos anos se agregam ao que já foi investido. "Esta é uma grande revolução no modo de vida das pessoas. É a base do nosso projeto. Não existe florestania sem educação profissional. Daqui a três anos o Acre terá a maior e melhor rede de Educação Profissional do país".

O secretário Nacional de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Eliézer Pacheco, participou da cerimônia de lançamento e ratificou o apoio do governo federal para fortalecer as ações de implementação da educação profissional em todo o país. "Quando o presidente Lula assumiu, tínhamos 140 escolas de educação profissional, hoje são 400 unidades. O Brasil sempre foi o país do futuro. Agora é possível dizer que esse futuro chegou com esse projeto soberano, democrático e inclusivo de educação profissional", afirma.

Uma unidade da Escola Técnica Federal do Acre que estará em funcionamento já a partir deste mês. O conjunto de medidas para fomentar a educação profissional destinada a jovens e adultos prevê a instalação de unidades nos municípios de Rio Branco (sede), Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, com possibilidade de implantação ainda no município de Xapuri. O PEP prevê a criação mais centros de educação profissional integrados a cursos de Educação de Jovens e Adultos e formação técnica indígena e a destinação de cursos técnicos subsequentes, concomitantes e integrados ao Ensino Médio.

Moradora da zona rural de Rio Branco, Maiara Diógenes, 21 anos, faz há dez meses o curso de Técnico Agroflorestal. Ela admite que se não fosse público e gratuito, não poderia fazer o curso que dá neste momento suporte para que consiga realizar o projeto de iniciar a faculdade de Agronomia. "Já fizemos estágio de 20 dias em Feijó e pude ter certeza do que quero. Sei que trabalho virá dependendo do esforço de cada um", admite.

O diretor-presidentedo Instituto Dom Moacyr, Iraílton Lima, destaca que o apoio do MEC foi fundamental paraa implantação da política para o setor com a ampliação da oferta de vagas, fortalecimento das redes de Educaçaõ Profissional e das bases de sustentabilidade do PEP.
Brasil será sede do 1º Fórum Mundial de Educação Profissional

A proposta foi sugerida pelo Brasil no Fórum Mundial de Educação. A ideia era promover um fórum específico de Educação Profissional. Acatada por todos os países participantes, o Brasil ainda ganhou o direito de sediar a primeira edição que acontecerá entre 23 e 27 de novembro, em Brasília. Durante o lançamento do PEP, o Fórum foi lançado em Rio Branco.

A discussão terá como eixos de discussão a educação e sua relação com o trabalho, desenvolvimento sustentável, culturas, integração, ética e inclusão social. Até agora 24 países confirmaram presença. A expectativa é que participem em torno de 15 mil pessoas entre estudantes, professores, pesquisadores, trabalhadores, representantes de governos, sindicatos, associações, empresários e sociedade civil organizada.


PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL A SEREM IMPLANTADOS NO ACRE

Plano Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (PEP) - O Plano Estadual de Educação Profissional e Tecnológica PEP 2009-2016 compreende as diretrizes e estratégias de ampliação e fortalecimento da oferta de Educação Profissional pública para os próximos oito anos no Acre, disponibilizando indicadores obtidos a partir de análises da conjuntura socioeconômica do estado, além de dados estatísticos gerados pela pesquisa sobre o perfil sócio-profissional dos educandos concludentes do ensino Fundamental e Médio e do perfil do mercado de trabalho acreano.

Brasil Profissionalizado - Criado em 2007 pelo Governo Federal, o Programa Brasil Profissionalizado visa o fortalecimento das redes estaduais de Educação Profissional e Tecnológica - EPT, por meio da realização de investimentos em obras de infraestrutura física, desenvolvimento da gestão, recursos e práticas pedagógicas, possibilitando a expansão e modernização das escolas públicas estaduais com a oferta de Ensino Médio integrado a Educação Profissional.

No estado do Acre, o Programa Brasil profissionalizado possibilitará a oferta de 8.330 vagas em 32 cursos técnicos diferentes, abrangendo os 12 eixos tecnológicos do Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos com investimentos na ordem de R$ 80 milhões, que serão empregados, em obras de construção, estruturação e ampliação de Centros de Educação Profissional e de escolas de ensino médio da rede pública, Formação Inicial e Continuada de professores, gestores, equipes pedagógicas e profissionais de apoio, fortalecimento dos acervos bibliográficos das escolas inseridas no programa, além da aquisição e disponibilização de equipamentos de acesso a internet via satélite e recursos audiovisuais.

e-TEC Brasil - Escola Técnica Aberta do Brasil - O programa Escola Técnica Aberta do Brasil (e-TEC Brasil), no âmbito da política de expansão da educação profissional, constitui-se uma das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação numa parceria entre a Secretaria de Educação a Distância e Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica no nível federal e o Estado do Acre, através do Instituto Dom Moacyr.

O objetivo central do e-TEC Brasil é possibilitar o acesso dos cursos técnicos às regiões distantes das instituições de ensino técnico e a periferia das grandes cidades brasileiras, incentivando os jovens a concluírem o ensino médio com uma formação profissional que os capacite a ingressar no mundo do trabalho.

No Acre o programa oferece três cursos técnicos à distância, em sete pólos: Epitaciolândia, Porto Acre, Sena Madureira, Brasiléia, Manoel Urbano, Capixaba e Xapuri, com duração média de um ano e seis meses, para os cursos Técnicos em Gestão, Serviços Públicos e Eletroeletrônica, com um total de 630 educandos a serem atendidos.
Fonte: Ecos da Noticia
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.