Alfabetizado aos 16 anos, Samoel Lima credita ao Projeto Poronga a continuidade dos estudos




Samoel acredita que Projeto Poronga inspira as pessoas a seguirem em frente nos estudos.

Um exemplo de força e determinação. É assim que poderíamos definir o funcionário público e estudante Samoel Lima, que teve seu primeiro contato com o mundo das letras somente aos 16 anos quando iniciou sua alfabetização. Mas o maior motivador para que ele dessa continuidade aos estudos foi o Projeto Poronga, oferecido pelo Governo do Estado em parceria com a Fundação Roberto Marinho-FRM, que para comemorar o sucesso dele, e de outros exemplos de vida, realiza nesta terça-feira, 11, no Rio de Janeiro, uma grande festa transmitida ao vivo pela TV Futura.


O evento vai reunir governantes, parceiros, educadores e estudantes. Acre, Amazonas, Rio de Janeiro, Pernambuco, Tocantins e o Distrito Federal adotaram a metodologia do Telecurso utilizado pelo Poronga como política pública de ensino. Com essa iniciativa, a Fundação Roberto Marinho pretende mostrar o compromisso de de cada um desses estados na ampliação do direito de estudar.

A ideia de homenagear estes estudantes em rede nacional é para ressaltar o quanto eles fazem valer o direito de aprender, como é o caso de Samoel, que hoje aos 28 anos, está freqüentando a faculdade de Tecnologia e Processos Gerenciais. Nascido em um seringal, no município de Xapuri, Samoel foi criado pelo pai que vivia como nômade, por isso seu contato tardio com a escola. Quando conseguiu concluir o ensino infantil, ele descobriu o Poronga e logo se matriculou. "O Projeto Poronga inspira as pessoas a seguirem em frente nos estudos. A minha vida mudou muito depois dele, pois ele utiliza uma metodologia que valoriza o conhecimento que trago de casa", destaca.

Além de ter sido aprovado para um curso superior, Samoel Lima, também ficou entre os primeiros colocados no concurso do Banco do Brasil e acaba de ser lotado em uma das agências de Rio Branco. "Tenho ainda muitos planos e sonhos que sei que vou realizar, pois acredito na força mágica que tem a educação e o conhecimento na vida da pessoa", afirma Samoel que revela estar emocionado em conhecer o Rio de Janeiro e também dá seu depoimento para ajudar outras pessoas.

No Rio de Janeiro, a festa acontece no Jardim Botânico com a presença de ex-alunos do Telecurso que são destaque nacional, como o deputado federal Vicentinho, e o mestre em filosofia e autor do curso de Filosofia do Telecurso, Paulo Cavalcanti. Outra oportunidade que o encontro vai proporcionar é o intercâmbio dos alunos veteranos com os novos de outros estado.

Toda a cerimônia será transmitida ao vivo em rede nacional, unindo os estados que participam da festa numa edição especial do Jornal Futura ao Dia do Estudante, que vai ao ar das 16h às 16h30 desta terça-feira, 11.
Fonte: Noticias da hora
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.