Acima, o funcionário da vigilância sanitária, Manoel Faustino, responsável pela apreensão. Depois de alguns anos, o setor ganha a autonomia que necessita para autuar infratores. Até o ano passado, o trabalho da vigilância era embaraçado pelo próprio prefeito, que não queria se indispor com o empresariado local.
Postado por Raimari Cardoso às 13:54 2 comentários Links para esta postagem
Cinema no interior
“Revelando os Brasis” leva cinema a 58 cidades brasileiras, entre elas Xapuri



Três caminhões vão percorrer 27,5 mil quilômetros levando para 40 cidades do interior e 18 capitais os vídeos produzidos por moradores formados pelo projeto

Numa praça às escuras, moradores de 40 cidades do interior do Brasil se reúnem diante de um telão com oito metros de largura onde não serão exibidas produções hollywoodianas. Ao contrário, eles estão prestes a conferir na tela as suas próprias histórias, lendas, folclores, alegrias, dores e sonhos, transformados em vídeo por alguém da sua cidade, que dá seus primeiros passos no mundo audiovisual.

A cena descrita acima irá se repetir por todo o Brasil durante os meses de maio e junho pela terceira vez consecutiva. Trata-se da última fase do projeto “Revelando os Brasis”, criado para democratizar o acesso aos meios de produção audiovisual, uma iniciativa do Instituto Marlin Azul e do Ministério da Cultura.

O projeto começa convidando moradores de cidades brasileiras com até 20 mil habitantes a contar uma história que gostariam de ver transformada em vídeo. Dessa vez, terceira edição do projeto, 712 inscrições foram recebidas e 40 foram selecionadas.

Os escolhidos participam de um curso intensivo de produção audiovisual no Rio de Janeiro e têm a oportunidade de conviver com profissionais da área, que compartilham conhecimentos relacionados a roteiro, planos de produção, fotografia, som e edição. Depois, retornam para suas cidades, montam suas equipes com moradores da própria cidade e produzem seus vídeos, com apoio de dois profissionais da área.

Na terceira etapa do projeto, as cidades dos 40 selecionados terão a oportunidade de conferir o resultado do trabalho. Três caminhões irão percorrer entre os meses de maio e junho 27,5 mil quilômetros em 18 estados brasileiros, cujas capitais também serão alvo da exibição dos vídeos produzidos em sua região.

“São cidades pequenas onde a maioria dos moradores nunca teve a oportunidade de ir a um cinema. Muitos têm ali, durante a exibição dos vídeos do Revelando os Brasis, o primeiro contato com o mundo audiovisual”, afirma Beatriz Lindenberg, do Instituto Marlim Azul, entidade responsável pela realização do projeto.

Do Rio Grande do Sul ao Acre, há cidades contempladas. Em uma delas, no Estado do Pará, o caminhão não consegue chegar e todo o material para exibição será enviado de barco, numa viagem que dura três dias e três noites.

De acordo com Beatriz, o dia da exibição costuma movimentar a cidade e provocar verdadeiras festas. O lugar escolhido para montar a estrutura é quase sempre ao ar livre – a menos quando a chuva atrapalha.

Primeiro, é exibido o vídeo produzido pelo morador da cidade, que participa do evento e dá o seu depoimento. Depois, outras três produções da região são exibidas. O projeto ainda abre espaço para outras manifestações artísticas e folclóricas do lugar.

O “Revelando os Brasis” é realizado pelo Instituto Marlin Azul e pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultural, com patrocínio da Petrobras e parceria do Canal Futura.

A programação no Acre começa no dia 23 de junho, em Rio Branco; no dia 25 a caravana estará em Xapuri e no dia 26 em Brasiléia e Marechal Taumaturgo. Xapuri foi uma das cidades contempladas com o projeto Arte na Ruína, coordenado pelo artista plástico Wagner San e equipe.

Mais informações em http://www.mosaicocomunicacao.com/ e também no site do Ministério da Cultura.
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.