Chuchu para todos




O governador do Acre, Binho Marques (PT), começou a escrever ontem uma carta que será enviada à direção da Rede Globo.Marques vai contestar o que considera equívocos da reportagem-documento, assinada por Eduardo Faustini, exibida no domingo pelo programa Fantástico, sobre as cidades com pior situação no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país.Traipu (PE), Manari (AL) e Jordão (AC) foram mostradas como as três últimas colocadas na classificação do IDH dos municípios brasileiros. O governador dirá na carta que o último IDH, a medida criada pela Organização das Nações Unidas para avaliar a qualidade de vida no mundo, aconteceu em 2000 e que Jordão já melhorou quatro posições, de acordo com as pesquisas do governo estadual.O IDH leva em consideração expectativa de vida, nível de educação e a renda da população. Jordão, com o segundo pior IDH do país, é campeã nacional de crianças fora da escola. Com um custo de vida tão alto, a reportagem assinalou que o município tem a quarta pior renda per capita de todo o Brasil.O trecho da reportagem considerado mais descabido pelos defensores da florestania foi a afirmação de que o isolamento em Jordão é tamanho que muitas pessoas jamais viram um chuchu.- Se você perguntar aqui na cidade, de cem pessoas, duas ou três vão saber o que é chuchu. Chuchu é luxo e não existe - declarou o vice-prefeito da cidade ao Fantástico.Bem, amigo que é da família Marinho, o ex-governador Jorge Viana está empenhado em fazer com que a carta do governador Binho Marques seja recebida diretamente pela direção da Globo e não pela redação do Fantástico.Dizem que a moto-ambulância acima, que atende a população de Jordão, teria sido escondida quando da passagem da equipe da Globo.













Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.