Caminho das Índias: expressões



ARE BABA- é uma exclamação. Equivale a um "poxa!" "ô Deus" "nao" "nao brinca" "ah, nào"
BAGUAN KELIE- por Deus! ô meu Deus!
AREBAGUANDI- também no sentido de "ai meu Deus"! (quando se poe esse final "di", acrescenta-se um respeito maior à pessoa a quem você se dirige. Assim, arebaguandi é um "ô meu deus"mais respeitoso ainda que o BAGUAN KELIÊ)
BALDI ou PAPA- pai
MAMI ou MAMADI- mãe
DJAN- querido, amado
TCHALÔ- vamos!
DJAN. DJAN- vá, vá, vamos
ULU- pessoa estúpida, burra
ULUCAPATÁ- o maior de todos os burros! "grande senhor dos burros", como traduzem os indianos
ATCHÁ- expressao de satisfação
ATCHATCHATCHA- expressão que traduz muita satisfação
FIRANGHI- estrangeira TRATAMENTOS FAMILIARESEsses são mais complicados. Tanto assim que optamos por simplifica-los. Mas, por curiosidade, aí vão alguns exemplos para vocês.Na India, a maneira de chamar um parente especifica exatamente o grau de parentesco que se tem com ele. Vejam:baldi-paimamadi-mãeirmao mais velho- bhayairmã-diditio por parte de pai barepapa (o mais velho) caca ou tchatcha(o mais novo)tio por parte de mae - mamatia por parte de mae- massiavô por parte de pai- dadaavó por parte de pai- dadiavo por parte de mae- nanaavó por parte de mãe- nani
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.